fbpx
21 de novembro de 2023

O SONO NA INFÂNCIA

Durante a recepção e acolhimento das crianças, é comum ouvirmos relatos dos pais sobre como a noite foi difícil. Geralmente, estes relatos são acompanhados da frase: “…é provável que hoje ele fique irritado, nervoso, sensível etc.”. De fato, é possível observar tais alterações no comportamento das crianças, mas e quando isto acontece com frequência? Quais são os impactos para a saúde e o desenvolvimento das crianças? 

Convidamos a Dra. Alyne R. Guerra Colodetti, otorrinolaringologista e mãe do Arthur, aluno do Tiny 1, para nos explicar a importância da qualidade de sono e aprofundar nossos conhecimentos sobre o tema. Acompanhe no texto abaixo:

A qualidade do sono representa um dos indicadores de saúde mais relevantes na infância. Distúrbios do sono podem influenciar não só no comportamento e no relacionamento social, mas também estão associados a prejuízos na concentração e aprendizagem, a maior suscetibilidade a infecções e até a impacto no crescimento e ganho de peso.

A associação entre menor duração de sono e risco aumentado para sobrepeso e obesidade está bem estabelecida para todas as faixas etárias. É durante o sono que existe o pico de secreção do hormônio do crescimento e a liberação do hormônio leptina, um dos responsáveis pela regulação da sensação de saciedade.

É também durante a noite que ocorre a recuperação do sistema imune e portanto, a investigação das deficiências de imunidade requer sempre um amplo questionamento sobre a rotina e o sono familiar.

Se por um lado conhecemos o papel primordial do sono no desenvolvimento infantil, por outro sabemos das dificuldades em garantir sua qualidade diária. Diversas circunstâncias como mudanças do ambiente familiar, a chegada de um novo irmãozinho, viagens ou adoecimento estão associadas a maior número de despertares e a resistência em adormecer. Devido a isso, manter a rotina da criança o mais previsível possível e introduzir hábitos de higiene noturna de forma precoce e consistente representam os pilares para um sono de qualidade. 

Não é à toa que a insônia comportamental representa a principal causa de distúrbio do sono na infância, seguida apenas pelas causas obstrutivas da via aérea.

Enquanto a insônia comportamental está associada justamente a hábitos e rotina inadequada, as causas obstrutivas são, em geral, caracterizadas por crianças que roncam ou dormem de boca aberta. O ronco é um indicador de que existe algum grau de estreitamento à passagem do ar e sempre exigirá investigação adicional com especialista capacitado. Rinite alérgica, aumento dos cornetos nasais e da adenoide, popularmente conhecidos como “carne esponjosa”, ou até mesmo a presença de amígdalas muito grandes, representam causas comuns para esse problema.

Apesar dos padrões de normalidade do sono serem amplamente discutidos para a faixa etária pediátrica, é sempre importante entender que cada criança é única e está inserida em uma dinâmica familiar específica, devendo portanto ser avaliada de forma singular. Muito além de ter a expectativa de uma noite ininterrupta de sono, devemos em primeiro lugar nos atentar a indícios de que o sono está sendo reparador. A criança tem acordado tranquila ou irritada? Acorda dando sinais de que ainda tem sono ou está descansada e disposta a brincar e explorar?

Assim, pensando nessa questão tão frequente, pequenos ajustes na rotina podem ser de grande ajuda para a família:

⁃ Exposição à luz natural durante as manhãs;

⁃ Evitar alimentos e atividades estimulantes após anoitecer;

⁃ Evitar exposição a telas ao menos 2 horas antes do sono, diminuindo a quantidade de luz uma hora antes de ir pra cama;

⁃ Horários regulares de dormir e de acordar que variem no máximo em 1 hora;

⁃ Estabelecer um ritual para adormecer relaxante, com ambiente agradável e silencioso e se possível sem associações para o sono;

⁃ Garantir contato pessoal durante o ritual do sono, para que a criança se sinta protegida e conectada com o cuidador.

Na Tiny People, acreditamos no respeito à individualidade. Assim, quando recebemos crianças que farão a sua soneca de rotina na escola, buscamos investigar e compreender quais são as necessidades e práticas específicas de cada família, para poder acolhê-las da melhor forma neste momento tão importante. Contamos com um espaço com ambientação especial, climatizado e silencioso, além de uma equipe atenta às necessidades de cada uma delas. 


ÚLTIMOS POSTS

21 de março de 2024